COMUNIDADE DE FAREA

A CARTA FAREA

COMUNIDADE FAREA


Humanista sem negligenciar a rentabilidade comercial, ecológica sem perder em conforto. A carta do comportamento (que restará uma proposta) vai evoluir segundo os desejos e comentários dos clientes e dos gestores via um blog.

O objetivo é dar a palavra a todos aqueles que desejarem, com as suas boas ideais, promover e implementar avanços tecnológicos e sociais. A atenção vai ser dada em prioridade à proteção da natureza, ao consumo local e ao? respeito das estações.

Os agentes locais serão valorizados, os FaréVillages (Cidades Fareá) devem servir os interesses de todos.

A Carta será estabelecida justamente pelo agente principal responsável ou proprietário do FaréVillage (Cidade Faréa).


O conjunto dos FaréVillages (Cidades Faréa) vai se desenvolver, melhorar as suas técnicas com as propostas dos clientes, dos proprietários e da equipe de técnicos. A Empresa Faréa trabalha com os engenheiros da UTBM (Université de Belfort Montbéliard) no âmbito da engenharia produtiva para a sua melhoria. Os objetivos são diminuir os custos de fabricação, melhorar a sua nota ecológica, afinar a sua tecnologia.

A comunidade Farea, através de um blog « controle" vai coletar os desejos de modificações, as opções e estudará as iniciativas consideradas para a Carta de Comportamento. Os agentes turísticos, investidores dos primeiros Faréas vão por conseguinte beneficiar das melhorias e terão prioridade para a troca dos antigos pelos novos Faréas para que tenham sempre a iniciativa das evoluções desta empresa.

.